Embaixador destaca importância de visita para estreitar laços comerciais

Em missão oficial à China, o governador Pedro Taques, foi recebido nesta terça-feira (07.11) pelo embaixador do Brasil em Pequim, Marcos Caramuru de Paiva, para estreitar os laços comerciais e discutir novas propostas para investimentos no setor do agronegócio que beneficiem tanto a China como o Brasil.

“A própria vinda da missão já é um avanço muito grande, porque muitos dos nossos produtores não conhecem seus compradores, pois vendem para empresas que fazem comércio. Esse contato direto é absolutamente essencial, os demais fazem, os que querem manter seus espaços neste mercado fazem”, ressaltou o embaixador.

Caramuru destacou a confiança como base para manutenção de um bom relacionamento entre os países.

“Essa visita, em todos os pontos de vista está na direção certa. Creio que nós vamos ser um mercado maior, em parte, porque somos confiáveis e em parte, porque a China precisará mais dos nossos produtos, mas se não houver esse contato pessoal do governador, dos empresários, daqueles que operam em áreas relacionadas à produção do agronegócio, podemos ter dificuldades, e é isso que queremos evitar. A China é um parceiro estratégico de primeira natureza, e para nós, manter essa parceria é essencial para a China e para o Brasil”, concluiu.

Em comitiva, Taques chegou a China neste domingo (05.11) e desde então já foram realizadas várias visitas técnicas que resultaram na sinalização de investimento de R$ 1,5 billhão na construção de 30 silos de armazenamento de grãos em Mato Grosso.

A obra será feita pela empresa brasileira Fumagalli, que também acompanha a comitiva de Mato Grosso na missão oficial à China. O grupo está em negociação com os investidores chineses por meio da consultoria B&F Group. A empresa Cofco Alimentos também anunciou que irá expandir seus negócios em Mato Grosso.

A expectativa é dobrar a compra de soja do Estado no prazo de cinco anos. Representantes da China Communication Construction Company (CCCC), também farão uma visita oficial ao Estado para conhecer as potencialidades e discutir possíveis investimentos.

Além da China, o governador irá nos próximos dias para a Alemanha para participar da Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas (COP23), e assinar um acordo para receber 17 milhões de euros para investir no Estado. No evento internacional o chefe do executivo também vai apresentar um balanço das ações de sustentabilidade desenvolvidas em Mato Grosso.

Fonte:http://www.mt.gov.br/-/8417682-embaixador-destaca-importancia-de-visita-para-estreitar-lacos-comerciais